Have an account?

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Grandes contistas, grandes truques - parte V


O décimo mandamento do Decálogo de Quiroga



X - "Não penses em teus amigos ao escrever, nem na impressão que causará tua história. Escreva como se teu relato não interessasse a mais ninguém senão ao pequeno mundo de teus personagens, dos quais poderias ter sido um. Não há outro modo de dar vida ao conto".
Horacio Quiroga, Decálogo do perfeito contista.


Olá, colegas que seguem nossa coluna sobre o conto aqui no Papéis Online. Hoje apresento e comento, como prometido, a décima parte do Decálogo do Perfeito Contista, do uruguaio Horacio Quiroga. Como vocês podem perceber acima, este trecho traz um conselho que é muito importante para nós, uma vez que é comum, até mesmo para os mais experientes, escrever um texto preocupando-se mais com uma provável repercussão deste com relação a algo ou alguém que prezamos. Ora, não deveríamos limar nossa criatividade por medo de reações inesperadas por parte de amigos ou de simplesmente outros leitores. O texto é seu. Tenha sempre a consciência de que ouvir bons conselhos é essencial, mas sentir-se acanhado por ter sido rechaçado por alguém é inadmissível ao artista. Falo muito aqui da reação negativa, porém a reação positiva por parte daquele leitor prezado também é perigosa, pois pode fazer com que nos acomodemos numa mesma fórmula ou maneira de escrever. O artista só consegue bons resultados mesmo quando está além dessas coisas, evitando escrever só para agradar certos grupinhos, temer desagradar alguém. Esse tipo de comportamento acaba por limitar drasticamente o escritor. O que Quiroga nos aconselha escrever para si, ou talvez para um possível conceito de leitor que se tenha em mente (o seu narratário), evitando escrever para este ou aquele leitor em especial.
Sejamos livres então, quero muito ver novos grandes contos surgindo, e suponho ter sido na caminhada de cada leitor/ escritor que por aqui aparece.
Semana que vem tem mais!

Wander Shirukaya
pode ser encontrado aqui:
shirukaya@yahoo.com.br
http://blogdoshirukaya.blogspot.com/

5 comentários:

Larissa Mejía (: disse...

Oi.
Adorei o blog.
O conteúdo muito bom, texto bem escrito...
Gostei mesmo.
sempre que eu puder vou estar dando uma passadinha aqui.
Beijos

mila disse...

adorei XD

augusto disse...

Vou ler as anteriores para entender melhor, depois volto para fazer um comentario melhor...

www.ahistoriacomoelafoi.zip.net

Hermínia Nadais disse...

Gostei muito do texto, está muito realista. quando nos preocupamosdemasiado por agradar alguém acabamos por deixar de ser nós... e isso é muito mau.

Vaneessa Feelix disse...

nossa, nunca me toquei muito beem sobre essa questão do texto ser SEU e só importar a voc e mais ninguem .
Agora quando me percebo, e noto meus textos passo a notar que os textos que eu escrevi sobre grandes expectativas me desapontaram ao contrario dos quais escrevi só pra mim e mais ninguem .

Postar um comentário

Leia, comente participe e não deixe de ser nosso asinante:
http://papeisonline.blogspot.com/p/assine.html