Have an account?

domingo, 27 de junho de 2010

Receita Para Bem Escrever

Via Tumblr
Logo que entrei para a faculdade de Direito - justo nas primeiras aulas de português jurídico - a professora deixou uma ponta de desespero cair de seus lábios, exclamando a dificuldade geral da turma em lavrar um bom texto. Não apenas nos quesitos gramaticais, como também na lógica argumentativa. Já neste período, sem falsa modéstia, meu nome era citado como portadora de uma escrita exemplar – coerente e coesa. Por tal, alguns colegas procuraram-me para que lhes auxiliasse no aperfeiçoamento desta técnica.

Minha solução? Leitura.

Entendo que soe didática demais esta minha conclusão. Contudo, não há melhor caminho que as páginas de um bom livro para o engrandecimento de idéias. O ato de ler acaba, gradativamente, fazendo com que o agente apreenda vocabulário e noções firmes de estruturação. Ainda que não caia de amores pela minha receita, aviso que atalhos são respostas inócuas e capazes de desvirtuarem a compreensão entre o relevante e o pouco palatável.

Detesta ler? Arrisque-se! Escolha temas que lhe causem interesse, textos simples e curtos. Faça isto diariamente/semanalmente, logo o hábito acomoda-se.

No âmbito das experiências pessoais, confesso que nos primórdios da minha vida escolar, o docente não mais sabia qual técnica aplicar para melhorar meu desempenho. Por mais que houvesse esforço de minha parte, sempre restava em déficit se comparada com os outros alunos. Isto especialmente em língua portuguesa – erros constantes e textos pobres.

Tudo mudou no instante em que, ao percorrer pela biblioteca do colégio, achei esta coleção antiga com capa dura, desenhos ultra-coloridos e muitas páginas. Foi Monteiro Lobato e a magia do Sítio do Pica Pau Amarelo que me salvaram. Adeus menina impossibilitada em aprender o uso de ‘m’ antes de ‘p’ e ‘b’, olá apaixonada pelas reentrâncias das veredas literárias.

In fine, seja por motivação pessoal, seja na busca de uma melhora profissional: Desejando aprimorar a sua escrita; Não hesite, leia!



Aviso:
A primeira seletiva acabou.
Os textos selecionados serão postados ao longo da semana.
Então, não deixe de conferir!
Desde já agradeço a todos que participaram.

27 comentários:

Marcos Lucas disse...

Leitura é sempre a melhor receita para escrever bem. Todo livro que se lê, sempre se tira algo para colocar em seus textos. Nem que seja uma simples palavra que você desconhecia você aprende. Maravilhoso é o mundo dos livros.

Wander Shirukaya disse...

Outro dia um amigo meu veio aqui em casa me pedir uma ajuda com o tema acentuação, pq ia fazer concurso no dia seguinte. Depois de dar uma bronca nele por só se preocupar as vesperas, disse a ele q nao era muito bom nisso (sei acentuar, mas não me familiarizo com todas as regras, q por sinal mudam a cada gramatica), acertava as coisas por causa da frequencia de usso, criada pela leitura. ^^
E um dia desses descobrir a razao de ates de p e b se usar m, vi q tem a ver com caracteristicas foneticas. E quem vai ensinar fonetica para uma criança? Acho q atraves da leitura me parece um caminho mais facil.
Parabens pelo artigo, grande Karla!
^^

Luiza Shaddix disse...

parabens,você escreve bem mesmo..eu nao acho que eu seja tao boa assim por isso admiro quem consegue escrever um texto assim..parabens e sim pessoas que lêem bastante sao as que melhor escrevem ja dizia meu pai

.-. disse...

É sem dúvidas uma boa leitura nos ajuda muuitos em uma vestibular e até mesmo na faculdade.Ultimamente estou lendo uma livro muito legal recomendo a vocês o nome é Fábulas Italianas de Italo Calvino é super legal.
Parabéns pelo Blog,se você quiser dar uma passadinha no meu depois ^^
http://wwwmundofantasticogaby.blogspot.com/

• Myla♦YlaViolet ♥ disse...

Nossa.. muito bom *-*





Pensamentos constantes, meus e seus ;D
Comenta!? *-*
www.ylaviolet.blogspot.com

Brigada ;*

Renata Alves disse...

ler é sempre o melhor caminho , sempre nos ajuda na clareza de idéias , organizar pensamentos , a leitura é algo fascinante =)

Marcela disse...

Olá Karla,

Acredito que não haveria caminho mais encantador para compreender e bailar entre palavras como bem faz, após um show de literátura brasileira vinda de Lobato, o primeiro que pensou nas nossas crianças, em nós... Nesta construção de leitura, e de como ela é preciosa, inventando histórias mil, de um jeito único que ganhou admiração além destes espaços terrítoriais.

Sua receita, é para mim também a melhor solução. Não há na história da humanidade, um escritor, que não seja antes um leitor. Esta leitura que falo que não apenas de códigos ocidentais, aos quais aderimos, é aquela famosa leitura de mundo, olhar e querer enxergar, além do contexto...

Se quiser e puder:

http://memoriaspsicodelicas.blogspot.com

Um abraço

Wallace Santos disse...

Receita perfeita... tal como a atitude de dividir isto com os demais.

Costumo dizer que inteligência sem divulgação e nula, quando compartilhada gera sabedoria em todos os envolvidos.

Parabéns

Ialy Darc disse...

você tah certissima! não há nada melhor do que ler para escrever melhor!
um dia eu chego lá
rsrs
Parabens!

Marcela Barreto disse...

Entretanto, a imagem que utilizou para o post fica em contraponto com a ideia do blog, uma vez que seria/será uma nova cara de escritas brasileiras?!

E...

Retribuindo aos seus, eu não poderia deixar passar despercebido, já que gostei e muito desde as argumentações, até o layout, desta forma, se quiser e puder, tem alguns selos para você.

http://memoriaspsicodelicas.blogspot.com/2010/04/selos.html

Um abraço!

Karla Hack disse...

Marcela

Eu acredito que não...
Quis demonstrar a dificuldade de se começar um texto... O antes da leitura...
Por isto o "Era uma vez" e o lápis parado sem mais nada escrever além do óbvio...


Obrigada pelo comentário e elogios!

;D

Vc curte rock? disse...

escreveu muito bem

Verdelone disse...

Apesar de ter feito engenharia, sempre gostei da Língua Portuguesa e também acho que a leitura é o melhor negócio para escrever bem.
Abçs
CIA DOS BOTECOS - www.ciadosbotecos.blogspot.com

Higor disse...

sem duvida ler é o melhor remedio
vocÊ escreve muito bem parabens

Caroline disse...

Desde quando eu era bem pequena, minha mãe comprava muitos livros, ao invés de brinquedos e deixava-os espalhados pela casa, não obrigava as filhas a ler. Ficou algo natural e o prazer e curiosidade pela leitura despertou-se rapidamente. Hoje, amo escrever, amo ler. Pelo exemplo de minha mãe, farei o mesmo com meus filhos, quando os tiver.

Talles Azigon disse...

Eu sou um desastre quando o assunto é gramática, prefiro assim como o Manoel de Barros a agramática, o dia mais feliz da minha vida quando fiz uma redação e a professora me deu um 10 por não ter nem um erro de nada, bem eu leio muito muito muito muito
mais minha mente viaja tanto nos sentimentos, nos sons, nos cheiro que ainda tenho dificuldades com a questão gramátical, mais a dica é sempre válida e foi posta de maneira maravilhosa.

Mégrivi disse...

Concordo. Durante esta semana mantive uma saudável discussão com um colega de profissão que julgava como dispensável ler Pedro Bandeira ou Paulo Coelho. Dizia este colega que se não se ganha peso cultural com a leitura, por que ler? Retruquei com meu amigo que ler, antes de qualquer outra coisa, tem o dever de ser aprazível às emoções, Falava eu, então, sobre o processo cathártico de Aristóteles. Acrescentei, ainda, que uma pessoa não pode julgar algo bom ou ruim sem que tenha parâmetros para tal. Para adquirir base para julgamento, faz-se necessário uma carga razoável de leitura. Mas leitura, para muitos que ainda não possem capacidade alta de abstração, é chato. Se é chato, não lê-se. Finalizei meu discurso dizendo que criticar Paulo Coelho por achá-lo pseudoliteratura, é uma questão de gosto. Gosto não se discute. O que realmente importa é que seja criado o hábito da leitura. E como isso acontece? Através de leituras curtas, algo que nos cative. A vontade da complexidade vem com a própria experimentação continuada da leitura.

Mégrivi disse...

meus blogs:
humor: http://megriviarte.blogspot.com
poesia: http://megriviaraujo.blogspot.com

coluna humor: http://www.trocistas.com/megrivi

Luiz Brisa disse...

gostei
otima dica
concordo com vc
^^

Menino Fabuloso disse...

amo ler e apoio totalmente sua receita *--*

Arthur D'mello disse...

A leitura nos ajuda no processo de aprendizagem de uma forma geral, além de ter o poder de nos transportar para lugares distantes da realidade.

Diana disse...

para saber escrever, devemos ler sempre...
parabens pelo seu texto
bjuus

joão victor borges disse...

A leitura é mesmo a melhor solução. Como toda criança, eu não gostava de ler até os meus 6/7 anos, até que comecei a ler alguns livros por curiosidade e pronto, desde então tenho paixão por tudo que é escrito.

http://anpulheta.blogspot.com

Anjo Noturno disse...

De fato leitura além de possibilitar o destravar da lingua melhora escrita, eu confesso que so leio o que me interessa, que me chame atenção e parabéns, texto muito bem escrito.
Bjos boa semana
;)
http://estigmaangel.blogspot.com/

Michelle Lynn disse...

Muito bom o texto! Bastante coerente, preciso, bem articulado e uma excelente dica para quem deseja se aventurar nesse mundo...

Acredito que a leitura concentrada, faz o leitor prestar atenção no "jogo" das palavras... naquilo que esta implícito... na gramática... ortografia, sintaxe, concordância... e por aí vai...

Quanto ao conteúdo semântico (entendimento do leitor sobre aquilo que se está lendo) depende do conhecimento de mundo do leitor, daquilo que o leitor conhece. Nada melhor que a leitura para um conhecimento amplo e consequentemente para um entendimento mais "exato".

Ler é a melhor ferramente para se ecrever bem e para entender aquilo que esta lendo!!!

contosdocrack disse...

Nossa!!!
Quanto comentário!!!
Mas o artigo merece, e eu concordo integralmente contigo (embora faça parte do grupo que escreve mal).Mas, sempre tenho esperança de melhorar.
Além da leitura eu diria que é essencial escrever,sim, podem ser cartas, bilhetes, pequenos textos. É um complemento importante a leitura.

Minhas Poesias Irradiantes disse...

Parabéns pelo post que vem auxiliar um blogueiro e até mesmo poderá alcançar o bom leitor bem atento que goste de saber um pouco mais, portanto retirei do seu texto itens, a fim de reescrever aqui com a finalidade de maior fixação deste conteúdo que penso ser de grande valia:
Entendo que soe didática demais esta minha conclusão. Contudo, não há melhor caminho que as páginas de um bom livro para o engrandecimento de idéias.
Detesta ler? Arrisque-se! Escolha temas que lhe causem interesse, textos simples e curtos. Faça isto diariamente/semanalmente, logo o hábito acomoda-se.
E encerro com seu grande fina Le: In fine, seja por motivação pessoal, seja na busca de uma melhora profissional: Desejando aprimorar a sua escrita; Não hesite, leia!

Postar um comentário

Leia, comente participe e não deixe de ser nosso asinante:
http://papeisonline.blogspot.com/p/assine.html