Have an account?

domingo, 12 de setembro de 2010

Laços


José partiu hoje cedo, em direção ao mar.

Deixou Maria a sua espera,

A mesma que nesta manhã prometeu-lhe amor eterno

Entrega-se perdidamente ao jovem Pedro Malta,

Investe no ardor de viver o calor-carnal.

Este mesmo Pedro aponta o dedo pra Salomé

Que quis estar a sua espera;

-Pedro, já hoje lavei os lençóis,

Já hoje forrei a cama,

Agora me vem a ânsia de vômito;

Vejo-me sem comida nem matrimônio

Há muito num mar de lama.

[Geisiara Lima]

2 comentários:

Nildes Sobral disse...

O teu blog tem cheiro de terra molhada.
Vou ficar e apreciar.

Um beijo.

Pedro Bravo de Souza disse...

Poema muito bom e forte.
Gostei.

Pedro Bravo,
http://fotosdepalavras.blogspot.com

Postar um comentário

Leia, comente participe e não deixe de ser nosso asinante:
http://papeisonline.blogspot.com/p/assine.html