Have an account?

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Reflexo - Pedro Bravo



Cadê a verdadeira luz,
que numa chama vive ardente
a reunir os sonhos dessa gente
cansados de tanta cruz?

Cadê aquele Teto-Céu,
que a tanto tempo não aparece
para fazer com que toda prece
vire a realidade fiel?

Cadê a tal da janela misteriosa,
que surge com sua luz branca
a tirar da humana garganta:
a angústia por dúvida religiosa?

Ansiosamente, meu eu espera aprendiz,
a verdade do Teto ou da Janela encontrar.
Mas, um instinto reflexo inocente me diz:

"quando a chama arder; AFASTAR..." 


Pedro Bravo
@pedro_bravo 

10 comentários:

Valéria Sorohan disse...

Falta um toque de liberdade nas linhas desse tempo.

BeijooO*

Maria Helena disse...

Meu querido Pedro,
Vejo a luz que procura no seu olhar que consegue perceber o que se passa no cotidiano. Para mim a luz, em muitos momentos, se transmuta em dor, angústia, tristeza...para que possamos, como aprendizes, ganhar mais força para que nossa estrada seja mais iluminada.
Amei a sua poesia! Amei suas indagações!
Sinto um grande encontro da minha poesia com a sua.
Somos seres em busca.
Parabéns!

Wander Shirukaya disse...

Muito legal, intelectivo.
A idéia de nossa busca pelo famigerado "Teto" está bem representada.
Parabéns, cara.

^^

silvioafonso disse...

.

Neste instante eu não sei
se vejo no fim da luz um
túnel ou se o túnel está
uma luz antes.

Belo Trabalho

silvioafonso




.

M. disse...

Poema para reflectir...

E fabuloso o complemento fotográfico.

Andy Santana disse...

Palavras profundas q representam os sentimentos eternos!

LADY D. A. disse...

Me parece o texto de uma pessoa confusa, ela precisa de alguém pra ajudá-la ou através deste texto esteja se ajudando...

Kleber Godoy disse...

Olá,

Obrigado por passar em nosso blog. Os filmes podem se encontrados sim na net para baixar quando não encontrados em locadoras ou lojas... dá uma procuradinha...

Gostamos daqui também... e estamos seguindo...

Abraços...

Paulo Braccini disse...

pois então! CADÊ?

belíssímo ... extremamente lírico ...

bjux e um bom fds

;-)

Pedro Bravo de Souza disse...

Obrigado à todos pelos comentários. É muito gratificante lê-los, realmente.

Eu entrei na equipe do Papéis esse ano, espero que gostem de meus textos, podem comentá-los a vontade...

Obrigado novamente,
Pedro Bravo.

Postar um comentário

Leia, comente participe e não deixe de ser nosso asinante:
http://papeisonline.blogspot.com/p/assine.html