Have an account?

domingo, 17 de abril de 2011

Código de barra

 

Se a vida se fizesse flor
E a divida que tenho com o amor
Ele deixasse pra trás.
Não teria
Quase cobrança,
Muito sucesso,
Pro inferno a esperança.
Amor, amor, e só com amor se paga,
Dilata o estomago,
Mata,
Não há método eficaz.
A dor, a dor, só com a dor,
Se aprende
Desata as cordas
Se corre atrás.
 
                                 Geisiara lima

5 comentários:

Kleber Godoy disse...

Oi,

Gostei muito da postagem!!

Abraços...

Kleber

Ricardo Fenerich disse...

Adorei a poesia.
Acesso frequentemente o blgog, ja tenho poesia selecionada neste, e gostaria de divulgar meu novo blog.
http://ocantodaarte.blogspot.com/
Abracos!

PapoBacana disse...

Nossa muito lindo..
amei amei..
acaba de ganhar uma seguidora fiel..

"..Amor, amor, e só com amor se paga.." SEMPRE..lindissimo...

seu blog e lindo..adorei o templates

estou seguindo..

se puder faça-me uma visistinha

http://papiando-adoidado.blogspot.com

@jooy3 disse...

Gostei do post, e essa é a pura realidade.
Só errando e se machucando para aprender.
Passa? http://jooymartins.blogspot.com/
Beijoos

Blog UaiMeu! disse...

Muito bonito o seu poema parabéns
Abraço

Postar um comentário

Leia, comente participe e não deixe de ser nosso asinante:
http://papeisonline.blogspot.com/p/assine.html